Páginas

sábado, 8 de setembro de 2012

Algumas coisas têm de ser ditas.

Vim para fazer uma reclamação.
Estudo numa escola que serve como 2ª, 3ª, 4ª ou 5ª chance de estudo para os alunos. A maioria deles já é velho, cada um com par de filhos e trabalho árduo - na sala que frequento somente eu e mais 3 pessoas não temos filho -. Grande quantidade dos professores dão aulas medíocres + lição de moral e de vida, como se ninguém ali tivesse problemas suficientes para ficar escutando desabafos dos letrados.
Para piorar a situação da escola referente aos professores, parece que há uma competição em qual deles passa mais trabalho aos alunos como forma de procrastinar. Já não suficiente a correria diária dos que ali querem outra chance na vida, têm ainda que lidar com a pilha de tarefas e trabalhos a eles passados, com as lições verbais recebidas E AINDA ter que lidar com a vergonha/medo de tirar dúvidas porque os que estão ali para ensinar "acham desaforo ter que responder esse tipo de pergunta, como se ninguém estivesse prestando atenção".
Sei que minha atitude é errada ao fazer isso, sei como a classe dos professores está no momento pois minha própria mãe é uma delas. Mas convenhamos que atitudes têm que ser tomadas! Onde já se viu aluno TER MEDO ou VERGONHA em pleno último ano do ensino médio de PERGUNTAR ou TIRAR DÚVIDAS? Eu e minha boca grande enfrentamos alguns conflitos por causa destes acontecimentos mencionados.
Já me chamaram na coordenação para pedir que eu responda menos os professores, mas eu me pergunto: se eu não o fizer, quem é que o fará? Na hora da correção das atividades somos poucos os que respondem... Também não me incomodo em levantar de minha cadeira a qualquer momento da aula para ajudar os que têm dificuldade, uma vez que os lá da frente não fazem o trabalho deles.

Enfim, acho que minha mensagem foi passada.

Um comentário:

Índia disse...

Fiz curso técnico de Magistério, hoje extinto, que me habilitava para ministrar aulas para o ensino fundamental até a 4ª série. Durante meus estágios observei professores comprometidos com sua missão, linda convenhamos, mas me decepcionei com o comportamento abominável e desleixado de muitos, diferente do seu caso que envolve adultos e seus problemas, mas ainda assim está relacionado a falta de sensibilidade para tratar aqueles que estão ali apra aprender, apesar de tudo. Continue assim, estará ajudando mais do que quem deveria. :)