Páginas

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Expectativas, expectativas, expectativas.

E agora? O que fazer se tiver fim? Recomeçar é uma boa escolha.
Mas e se não der? Se não puder? São muitas perguntas.
Viver não é em si uma tarefa fácil, a gente tenta bastante. Vive-se e só. O chato é descobrir que é de forma "errada". Certo e errado, ah, grande besteira!
Fomos nós quem criamos as boas e más escolhas, para começo de conversa.
É exatamente isso: tiramos um dia de folga só pra encher o saco e distinguir coisas certas e coisas erradas.
"Eu gosto de sentar-me debaixo de árvore= proibido derrubar.
Não gosto de andarilhos= sumam, sumam, seus vermes!"

E aí galera, onde é que vai parar?

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Saudações!

WOW! Sinto-me quase uma estranha vindo aqui escrever-lhes.
É fato que passei sim algum certo e grande tempo sem isto fazer, não sei o que me ocorreu. Andei ocupada, muito, (cof cof!).
Por conta disto também, há alguns dias venho tendo pequenos flashes de inspiração. No entanto não tenho nenhum computador, bloco de notas ou celular para salvar rascunho e redigi-lo mais tarde.
No mais, vim aqui dizer-lhes que prometo voltar com minhas visitas literárias frequentemente.
Aloha!