Páginas

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Expectativas, expectativas, expectativas.

E agora? O que fazer se tiver fim? Recomeçar é uma boa escolha.
Mas e se não der? Se não puder? São muitas perguntas.
Viver não é em si uma tarefa fácil, a gente tenta bastante. Vive-se e só. O chato é descobrir que é de forma "errada". Certo e errado, ah, grande besteira!
Fomos nós quem criamos as boas e más escolhas, para começo de conversa.
É exatamente isso: tiramos um dia de folga só pra encher o saco e distinguir coisas certas e coisas erradas.
"Eu gosto de sentar-me debaixo de árvore= proibido derrubar.
Não gosto de andarilhos= sumam, sumam, seus vermes!"

E aí galera, onde é que vai parar?

Nenhum comentário: